Nutrição Clínica Funcional

A busca por saúde e longevidade, por meio de uma alimentação mais natural, não vem de hoje. Há 2.500 anos, Hipócrates já dizia: “Que o seu alimento seja seu medicamento, e seu medicamento seja seu alimento”, uma frase que define bem o que a nutrição funcional busca em sua atuação, benefícios à saúde por meio da inclusão de alimentos funcionais, individualidade bioquímica e biodisponibilidade dos nutrientes.

A Nutrição Funcional é uma maneira diferente da tradicional de abordar, prevenir e tratar desordens crônicas complexas, fazendo isso através da detecção e correção dos desequilíbrios que geram as doenças.

Estes desequilíbrios ocorrem em função da má qualidade da nossa alimentação (seja por escolhas alimentares ou toxicidade), do ar que respiramos, da água que bebemos, dos exercícios (a mais ou a menos) e alterações emocionais e mentais que vivenciamos.

O tratamento é centrado no paciente e não na doença. O indivíduo é abordado como um todo. É avaliado como um conjunto de sistemas que se inter-relacionam e que sofrem influências diversas de fatores ambientais, medicamentosos, emocionais, alimentares, etc.

Abordagem Funcional: Considerar a Individualidade bioquímica e história familiar;
Verificar a integridade intestinal;
Investigar a presença de Alergias e/ou intolerâncias alimentares;
Manter o equilíbrio Imunológico;
Correlacionar os desequilíbrios metabólicos detectados;
Identificar e tratar as causas e não apenas sintomas;
Disponibilizar os nutrientes para absorção e utilização;
Promover uma melhora geral na saúde através do equilíbrio nutricional.

“No dramático momento em que uma célula masculina, microscópica e serpenteante, encaminha – se para uma célula- ovo, muito maior, e se liga a ela, um ser humano começa a existir e a Nutrição tem início” Roger Williams, PhD